O que a in-cosmetics Latin America contou

Mais um capítulo da in-cosmetics foi escrito, dessa vez de São Paulo para toda a América Latina.

Aconteceu em setembro a 5ª edição da in-cosmetics Latin America, em São Paulo. A feira recebeu 150 marcas de 22 países, 4.844 participantes, sendo 4.011 visitantes únicos e 54% novos participantes. Os números só confirmam a visibilidade e a importância desse evento para o setor cosmético.

Na feira, foram apresentadas inovações de matérias-primas para a indústria de beleza e cuidados pessoais. Aqui, escolho falar do que acreditamos e exploramos em nossos clientes: a experiência sob o ponto de vista do expositor. No dia a dia, criamos estratégias de marcas fortes para que se destaquem com suas próprias histórias, conceitos impactantes e refinamento da comunicação para potencializar os produtos e protótipos. E foi para esse universo que voltei meu olhar.

Cada estande é uma tela em branco para ser preenchida com mensagem que você quer contar, seja ela uma marca, uma ideia, uma tecnologia ou um produto. Mais do que simplesmente expor fórmulas em folhetos, criar um conceito é uma forma eficaz de conduzir esse storytelling e inspirar espaços e ações personalizados e humanizados. Um caminho que diferencia dos estandes vizinhos, gera mais interesse nos visitantes, atrai contatos comerciais. Cada vez mais o mercado está entendendo isso e trazendo formatos mais elaborados e envolventes.

Algumas tendências chamaram a atenção, mas, para ilustrar um pouco, trago duas que duas vieram com força total e se destacaram: inovações em cuidados com pele e cabelos (mercado extremamente forte e crescente no Brasil) e fórmulas verdes em todas as suas variações (veganas, orgânicas, naturais e biodegradáveis).

A forma como a história foi contada também provou que pensar fora da caixa ajuda a enriquecer a experiência e destacar a presença. Como exemplo, ressaltamos ativos apresentados em protótipos para uma experiência sensorial, palestras com temas interessantes para agregar valor e reverberar a mensagem e stands com experiências tecnológicas para engajar o público.

Das marcas que vieram de fora, muitas optaram por tropicalizar a comunicação e deixar mais adequada ao público brasileiro. Vídeos, fotos e cores alegres, vibrantes e com emoção, sem deixar a essência do brand guide corporativo global de lado.

Storytelling + disposição para fazer diferente + ideias inovadoras. Esse combo aumenta as chances de sucesso e visibilidade ao expor sua marca em grandes eventos do mercado de cosméticos e cuidados pessoais. Vale lembrar que, para chegar lá, é essencial que o planejamento comece o quanto antes, com meses de antecedência, principalmente para uma feira tão importante. Uma comunicação consistente e eficiente não surge da noite para o dia, portanto é preciso tempo para estudar as possibilidades, estudar mercado, amadurecer conceitos e criar soluções.  

À frente da equipe criativa da Neurona Marcas Inteligentes, participo de diversas feiras há pelo menos cinco anos, além da in-cosmetics, temos uma boa presença em outros importantes eventos do mercado: FCE Cosmetique e Pharma, Abrafati, Feiplastic, Hortitech e outros mais. O mercado vai crescendo e nós crescemos junto, sempre acompanhando esse verdadeiro laboratório, que oferece as melhores ferramentas, referências e oportunidades do setor que nos possibilita oferecer soluções cada vez mais assertivas, sempre atuais e inovadoras. 

Daniel Faulin de Lima – Diretor de Projetos da Neurona Marcas Inteligentes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *